Tecnologia do Blogger.


sábado, 29 de março de 2014

HQ: A noite mais densa ( parte III )





Bem ... sexta feira ta ai de novo ....                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                               ..........................  cri cri cri  .............................


sabe ...  eu estava pensando; minhas matérias tem uma quantidade razoável de visualizações, porem nenhum comentário...   me questiono se VOCÊ ...  que esta lendo isso agora, lê mesmo o que eu escrevo ou simplesmente abre e fecha a pagina, e assim entra nas estatísticas de "lido",  maaaaassss...   (como sempre)  tenho uma solução pra isso, VOCÊ .....  que esta ai lendo isso agora !!!  por que nao comenta algo embaixo ???   eihn ??  
Vou fazer melhor então, VOCÊ, que esta ai .... e comentar  ...   até junho as duas pessoas mais participativas ganharão um lindo anel do lanterna verde (sim eu sou doido de fazer isso )   ....   mas esta aí, promoção lançada ....  comentem pessoal....  Mas NÃO vale comentário anônimo. Identifique-se em cada postagem!





"A NOITE MAIS DENSA"  


Sinestro vai pra Qward  no universo negativo, que começa a montar sua tropa dos  Lanternas Amarelos, ou Tropa Sinestro (se preferir).
Os anéis amarelos tem as exatas mesmas capacidades dos verdes, porém eles conseguem mais sucesso usando seus poderes em quem está sentindo medo.

Sinestro usa sua tropa para um ataque em massa contra a Tropa dos Lanternas Verdes, causa MUITOS problemas pros verdes, mas no fim nossos amados verdinhos vencem, e colocam Sinestro preso no corredor da morte de Oa.
Ganthet e Sayd, dois dos Guardiões do Universo, foram banidos da patota pois estavam assumindo muita “individualidade” e vontade própria, coisa que não deve existir entre eles, pois as decisões tem de ser neutras na bagaça por lá e etc… O ponto foi que os Guardiões estavam ignorando a profecia, e esses dois não. Eles foram banidos, e então num planeta maravilhoso, chamado  Odym controlaram a energia do espectro azul, fundando então a Tropa dos Lanternas Azuis, em nome da esperança que eles depositam no futuro. O esquema de recrutar membros é diferente de todos, o novo lanterna azul é selecionado pelo lanterna azul mais novo, e este novo recrutado vai a Odym e é “entrevistado/ensinado” por Ganthet e Sayd, e se “passarem”, então torna-se Lanterna Azul.
Os Lanternas Azuis tem uns poder extras que nenhuma outra tropa tem. Podem prover cura.
Como a esperança é a “suspeita de sucesso” e o medo é a “suspeita de derrota”, os anéis azuis tem poder de refletir a energia dos anéis amarelos. Os Lanternas Azuis são imunes a energia laranja da avareza, e tem o poder de acalmar e trazer Lanternas Vermelhos de volta a sua sanidade, mostrando-lhes imagens de suas maiores esperanças e vontades. Eles também tem a habilidade de recarregar o poder dos Lanternas Verdes, dando boosts de energia que ultrapassam 100%, deixando os aneis com carga de 120% ou até mais.
Outro poder interessante deles é o de restaurar sóis. Houve um momento em alguma das histórias em que, o Santo Andarilho (um lanterna azul) e um outro membro da tropa azul, juntos, usaram a esperança do povo de um planeta próximo para rejuvenescer em 8.6 bilhões de anos um sol que já estava perto de se apagar. Sinistro, né? 

Após isso, chegou a vez de Atrocitus buscar seu lugar na história. Em Ysmault, Atrocitus matou os outros 4 sobreviventes do massacre do Setor 666, sendo então o único sobrevivente do  extinto “imperio das lagrimas”, e usando a sua ira interna, mais magia (negra) sinistra e o sangue dos demônios, ele forjou então a Bateria Central Vermelha diante de um lago de sangue em Ysmault, e dessa bateria central saíram anéis e as baterias menores onde se recarregam os aneis.
Atrocitus jurou vingança aos Guardiões do Universo pela morte de seu povo e sua familia (mesmo os ultimos 4 sobreviventes sendo ele quem matou ) e a Sinestro por prendê-lo naquele episódio na Terra quando ele foi ao encontro de William Hand, e enviou seus aneis pelo universo atrás de pessoas tomadas por ira, que precisam de poder para realizar sua vingança. Os aneis vermelhos selecionaram pessoas com grande vontade de vingança , grande ira, raiva da peste, tipo você quando topa o dedinho com quina da cama logo quando acorda.
Entre eles, a alien chamada “Bleez” que vivia num planeta santuário, e era considerada uma das criaturas mais lindas do universo , que foi torturada e estuprada por membros da Tropa Sinestro. Alguns outros com história menos envolvente tambem fora convocados , como Vice, Abyssma, Fury-6, Antipathy e um comum felino aqui da Terra, chamado Dex-Starr. Sim, um simples gato que teve seu dono morto, e depois foi posto em um saco e jogado num rio. O bichano inclusive virou mascote do Atrocitus, (tipo aquele vilão do inspetor bugiganga {por que vilão não é vilão sem seu gato de estimação }).
Foi formada então a Tropa dos Lanternas Vermelhos. Diga-se de passagem uma das tropas mais interessantes de todas. Todos os Lanternas Vermelhos são consumidos por uma ira cega a ponto de nem conseguir falar ou raciocinar direito, vivem brigando entre si ou contra os outros, destruindo tudo...  E só isso. “E que um monte de aliens se matando tem de interessante?”. Sei lá, Dragon Ball Z fez sucesso, não fez? Brincadeira. O ponto interessante da Tropa Vermelha é a “Filosofia da Ira”. 
O único Lanterna Vermelho capaz de raciocinar e manter decisões é o proprio Atrocitus. E todos que passaram a poder raciocinar também foi graças ao Atrocitus, que os arremessou no lago de sangue de Ysmault, que tem umas propriedades medicinais dignas de ir pra TV, faz voltar memória, faz voltar a razão… Dá até pra fundar a Igreja Espacial de Ysmault, ao invés de engarrafar água do Rio Jordão agora a gente engarrafa sangue do lago de Ysmault. Cura certa.
Mas então, enrolei e não falei o que a Tropa Vermelha tem de interessante. Antes de ser um criminoso/terrorista/guerreiro/alien/general de tropa, Atrocitus era psicólogo em seu planeta. Ele não é um burro ignorante. Ele é violento pra cacete, e põe violento nisso, mas não é burro, nem de longe.Ele reflete muito sobre a vida, sobre o passado e sobre o que alimenta seu poder: A ira. ele filosofa muito sobre a razão da ira, e se pergunta até onde esta agindo pela ira e até onde age por atitude mecânica, uma “reação automática”, se questiona se sua ira está abrandando conforme o tempo passa, se isso prejudicaria os poderes de seu anel que é movido pela ira, e se dá conta também que se ele não tiver do que ter ira, não terá o que fazer no universo.
Atrocitus em um determinado ponto encontra um meio de acabar com o dilema. Ele sente que o universo inteiro tem focos de ira, pessoas que querem vingança e não tem capacidade para tal, então ele decide ajudar quem está tomado pela ira e não pode buscar o acerto de contas. Ele se torna um vingador usando a ira das pessoas espalhadas pelo universo como lembrete da dor que ele sentiu ao perder sua familia e seu povo, para sempre renovar a chama de seu ódio. Atrocitus é quase o Frank Castle versão Alien

.Os Lanternas Vermelhos vomitam uma substancia que é dita como “mistura de sangue com napalm e ácido”, capaz de derreter/corroer qualquer coisa, é a principal forma de ataque dos Lanternas Vermelhos (e de alguns bêbados que perambulam na madrugada de nossas cidades).
Por alguma razão que desconheço, a lanterna vermelha chamada Antipathy parece ser a única capaz de criar construtos com o anel.
A história segue pra um rumo onde Atrocitus e os lanternas vermelhos conseguem derrotar alguns amarelos e verdes, e sequestrar Sinestro, que foi preso em Ysmault. Hal Jordan e os demais foram salvos pela Tropa Azul, e levados ao seu planeta base, Odym. Hal então comandou a tropa azul, sendo acompanhado da Tropa Sinestro em busca de resgatar Sinestro das mãos de Atrocitus.
Em Ysmault a coisa toma um rumo inesperado, e Hal Jordan consumido pela ira acaba atraindo um anel vermelho. Ele ataca a Tropa Sinestro, ataca o Sinestro…   Sobra pra todo mundo, e em Ysmault o negócio funciona só no 220v, não tem turma do “deixa disso”, só a galera querendo sangue alheio. Sorte a deles os Lanternas Azuis estarem por ali. Graças a energia azul da esperança que tem o poder de quebrar os efeitos da vermelha, Hal então passa de Lanterna Vermelho pra Lanterna Azul.
Depois da confusão resolvida, eles voltam a Odym onde tentam tirar o anel azul de Hal, que parece ter ganhado propriedades misteriosas de superbonder espacial. Sem sucesso, Hal continua com o anel azul. Volta

a Oa para os Guardiões tentarem tirar, e nada feito também. É o típico caso onde um de nós iria pra pia do banheiro com um pouco de sabão ou azeite. Esses caras do espaço sempre tentam o caminho mais difícil…
Lembram do Larfleeze? O Agente Laranja? Pois é, ocorreu um probleminha. Um Lanterna encontrou com ele, e este detonou o Lanterna. Ainda deixou um recadinho cheio de exigências, os cabras maltusianos acharam abuso demais e mandaram o tratado de paz pra casa do cacete, deram 3 tiros pro alto e num acesso de Zé Pequeno gritaram “Vamo tomá a boca do cenoura!”, nesse caso a boca do laranja, o Larfleeze.
Hal Jordan foi um dos selecionados pra missão. Os lanternas foram lá, coisa e tal… Larfleeze gostou do anel azul e quis pra ele. Porradas e constructos, Hal usa uma rajada de energia azul e detona o Larfleeze. O Anel azul então sai da mão do Jordan e busca outro usuário pelo setor 2828.
Ai então entra novamente uma burrada por parte dos Guardiões. Uma vez que a avareza não pode ser dominada nem destruída, eles entram em outro “acordo” com o Larfleeze. Hal Jordan pergunta aos Guardiões qual foi o trato e ninguém revela. 
Mão negra 

Posteriormente sabemos que Larfleeze repousa em Okaara comandando uma horda de lanternas laranjas frutos de seus constructos, em um ataque direto ao planeta Odym, base dos lanternas azuis, pois o que Larfleeze tanto queria era um anel azul pra si. Os Guardiões meio que “deixaram” isso acontecer, já que a tropa azul é fruto de dois Guardiões banidos (lembra do trato com larfleeze??  era a localização dos lanternas azuis).
Os tais Guardiões que deviam ser “neutros” agem de forma muito conveniente, não acham? Por essas e outras acho que é inviavel confiar em qualquer tipo de entidade, pois ninguem que tem a expectativa de dar ordens esta livre de expectativa e ego, elementos que são completamente HUMANOS, não divinos. E humano por humano… Dou preferência a mim.
Enquanto o ataque ocorre… anéis negros invadem o santuário de Larfleeze, ressuscitando todos os seres que o mesmo matou ao longo das eras. Larfleeze teve que bater em retirada de Okaara, e sua distração com esse problema sumiu com os constructos laranjas que atacavam Odym.
Quem salvou a pele do Larfleeze? Atrocitus. De onde saíram os aneis negros? É… neste ponto, a parte final da profecia, a “Noite Mais Densa”, dá seus primeiros passos.
William Hand, um bom tempo depois de perder a mão no encontro com o Arqueiro Verde e Hal Jordan (como Espectro), começou a ouvir vozes falando dos heróis que já morreram e voltaram a vida (tipo Hal Jordan, Superman, Mulher Maravilha, Barry Allen)… e então o cara simplesmente bateu o disjuntor das ideias e matou os irmãos, os pais, e em seguida se matou(como vemos na imagem acima :P ).
Quem influenciou o cara com o papo de heróis mortos foi Scar… A mesma Guardiã que ordenou o ataque dos Lanternas a Larfleeze em Okaara quando Hal Jordan estava com o anel azul preso em si. Os Guardiões do Universo que às vezes parecem que não estão do lado certo na história. Mas enfim, essa Scar (que não é o tio do Simba) estava em Ryut, o planeta onde Atrocitus nasceu, no Setor 666.
Após o suicidio, ele foi resusscitado como a entidade energética do espectro negro, e general da Tropa dos Lanternas Negros. A partir desse ponto, podemos começar oficialmente a “Noite Mais Densa”.





Galera ta aí mais um pedacinho dessa grande saga que eu adoro, onde tudo parece fazer um pouco mais de sentido e os lanternas serem um pouco mais do que um arco iris ... Domingo agora vou postar pra vocês uma matéria  especial e com isso as regras da promoção ....   valeu valeu ....    até domigueira ....  fuisss



























2 comentários:

  1. cara eu quero meeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeesmo !!!!!!!

    ResponderExcluir

Blogger Template Mais Template - Author: Papo De Garota